Pular para o conteúdo

Árvore da felicidade como cuidar: 15 dicas de cultivo, aprenda o jeito certo!

Saiba tudo sobre a Árvore da Felicidade como cuidar e todas as dicas fundamentais para um cultivo correto, assegurando que sua planta estará saudável, forte e desenvolvida.

Nossa equipe do KD buscou as melhores formas de cuidar da Árvore da Felicidade, veja já neste conteúdo exclusivo e aprenda muito mais.

O que é Árvore da felicidade?

A Árvore da Felicidade, também conhecida pelo seu nome científico Polyscias fruticosa, é uma planta ornamental que pertence à família Araliaceae. Ela é nativa do sudeste asiático e é amplamente cultivada em muitas regiões do mundo como uma planta de interior.

A Árvore da Felicidade é caracterizada por seu caule reto e lenhoso, com folhas verdes brilhantes, dispostas em formato de leque. Suas folhas são compostas por várias folíolos, que podem variar em número dependendo da variedade da planta. Ela pode atingir uma altura de até 2 metros quando cultivada em condições ideais.

Essa planta é apreciada por sua aparência ornamental e considerada um símbolo de boa sorte e felicidade em algumas culturas. Acredita-se que ter uma Árvore da Felicidade em casa traga boas energias e fortuna aos moradores. Em alguns países, é comum presentear amigos e familiares com essa planta em ocasiões especiais, como casamentos, aniversários e inaugurações de casas.

Além do seu valor simbólico, a Árvore da Felicidade também é apreciada por sua capacidade de purificar o ar, removendo toxinas e melhorando a qualidade do ambiente interno. Ela é relativamente fácil de cuidar e pode ser cultivada em vasos, desde que receba luz solar indireta e seja regada regularmente.

É importante notar que a Polyscias fruticosa pode ser tóxica para animais de estimação, como gatos e cães, se ingerida. Portanto, é recomendável manter a planta fora do alcance desses animais ou optar por espécies alternativas se você possui animais domésticos.

Árvore da felicidade como cuidar

A árvore da felicidade é uma planta que precisa de cuidados especiais para se manter bonita e saudável. Suas flores são muito delicadas e precisam de muita luz solar para se abrirem, mas não podem ficar em locais muito quentes ou úmidos, pois podem murchar. O ideal é cultivá-la em lugares ensolarados, mas sem vento.

A árvore da felicidade também precisa de regas regulares, especialmente no verão. No entanto, é importante não deixar a planta encharcada, pois pode causar problemas nas raízes. Uma boa dica é regar a planta pela manhã, para que ela possa segurar a água durante o dia.

Árvore da Felicidade com folhas bem verdes e saudáveis
Árvore da Felicidade com folhas verdes. Foto: reprodução

Outro cuidado importante é a adubação. A árvore da felicidade precisa de nutrientes para se desenvolver bem, por isso é importante adubá-la regularmente. Uma boa dica é usar um fertilizante orgânico, que pode ser encontrado em lojas de jardinagem.

Por fim, é importante lembrar que a árvore da felicidade precisa de podas regulares. Isso ajuda a manter a planta saudável e também evita que ela cresça muito. As podas devem ser feitas a cada dois ou três meses, usando tesouras bem afiadas.

Origem

A árvore da felicidade, cientificamente conhecida como Polyscias fruticosa, é uma planta nativa da América do Sul, encontrada em países como Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai, Uruguai e Brasil. Ela pertence à família Araliaceae e é conhecida por sua beleza ornamental, além de ser considerada um símbolo de boa sorte e prosperidade em diversas culturas.

No Brasil, a árvore da felicidade se adaptou bem ao clima e pode ser encontrada em várias regiões do país. Ela é valorizada não apenas por sua aparência atraente, com folhas verdes brilhantes e um formato que lembra uma miniatura de árvore, mas também por seu significado simbólico positivo.

Na cultura popular, especialmente no contexto de decoração de interiores e paisagismo, a árvore da felicidade é frequentemente cultivada em vasos e jardins. Acredita-se que ela traga boas energias, prosperidade e sorte para aqueles que a possuem, o que contribui para sua popularidade como planta ornamental.

Assim, a árvore da felicidade não só embeleza ambientes, mas também carrega consigo uma história de significado simbólico que a torna especial para muitas pessoas.

Como plantar

Plantar uma árvore da felicidade (Polyscias fruticosa) pode ser uma excelente escolha para quem deseja ter uma planta ornamental de porte médio a grande em seu jardim ou até mesmo em vasos grandes para ambientes internos. Aqui estão algumas dicas básicas para o plantio:

Escolha do Local:

  1. Clima: A árvore da felicidade se adapta bem a climas tropicais e subtropicais, caracterizados por temperaturas amenas a quentes. Ela pode ser cultivada tanto em áreas ensolaradas quanto parcialmente sombreadas.
  2. Solo: Prefere solos férteis, bem drenados e ricos em matéria orgânica. Evite solos muito compactados ou que retenham muita água, pois isso pode causar problemas de desenvolvimento para a planta.

Plantio:

  1. Cova: Prepare uma cova de tamanho adequado, cerca de duas vezes o diâmetro do torrão onde a planta está sendo transplantada.
  2. Preparação do Solo: Misture composto orgânico ou adubo orgânico bem decomposto ao solo retirado da cova. Isso ajudará a fornecer nutrientes para o crescimento inicial da planta.
  3. Transplante: Retire a planta com cuidado do recipiente em que está sendo cultivada, sem danificar muito as raízes. Coloque-a na cova preparada, garantindo que fique nivelada com o solo circundante.
  4. Preenchimento: Preencha o espaço ao redor da planta com o solo preparado, pressionando levemente para fixá-la.
  5. Irrigação: Logo após o plantio, regue abundantemente para garantir que o solo ao redor das raízes fique bem úmido. Depois do plantio inicial, mantenha o solo levemente úmido, sem encharcar.

Cuidados:

  1. Água: Regue regularmente, especialmente durante períodos secos. A árvore da felicidade prefere solo levemente úmido, mas não tolera encharcamento.
  2. Adubação: Fertilize a planta anualmente na primavera com um fertilizante balanceado, seguindo as instruções do fabricante.
  3. Poda: Realize podas de formação para manter um formato compacto e estimular um crescimento saudável. Remova galhos mortos ou doentes conforme necessário.
  4. Proteção contra Pragas e Doenças: Monitore regularmente a planta para detectar sinais de pragas ou doenças. Se necessário, trate com produtos adequados.

Considerações Especiais:

  • Porte da Planta: A árvore da felicidade pode atingir até 5 metros de altura quando cultivada em condições ideais. Considere isso ao escolher o local de plantio, garantindo espaço suficiente para seu desenvolvimento.
  • Folhas Caducas: Como mencionado, a árvore da felicidade perde suas folhas durante o outono e o inverno. Esteja preparado para lidar com a queda de folhas durante essas estações.

Seguindo essas orientações básicas, você poderá desfrutar de uma árvore da felicidade saudável e vibrante em seu jardim ou espaço interno, contribuindo com sua beleza ornamental e o simbolismo positivo que ela carrega.

Como regar

A árvore da felicidade é uma planta que requer cuidados especiais. A planta não precisa de muita água para se manter saudável. Além disso, a árvore da felicidade precisa de muita luz solar para se desenvolver de forma saudável. Porém, é importante evitar que a planta seja exposta ao sol de forma direta, pois isso pode queimar as suas folhas.

Árvore da Felicidade como cuidar em vasos
mudas de Árvores da felicidade. Foto: Reprodução

Qual a frequência de rega?

A árvore da felicidade não precisa de muita água. É importante regar a planta apenas quando o solo estiver seco. A árvore da felicidade não tolera solos encharcados, pois se o substrato estiver encharcado, suas raízes poderão apodrecer. Você também pode pulverizar a planta com água uma vez por semana para manter a folhagem fresca.

Árvore da Felicidade como cuidar – adubação

A árvore da felicidade também precisa de uma boa dose de adubo para se manter saudável. O ideal é que o adubo seja aplicado ao solo uma vez por ano, no final do outono ou início do inverno. A árvore da felicidade também é uma planta que requer podas regulares, para que possa continuar crescendo de forma saudável.

Importância da adubação

A adubação é muito importante para a saúde das plantas, especialmente para as que são cultivadas em vasos. Isso porque as plantas cultivadas em vasos têm pouco espaço para se desenvolver e, portanto, precisam de nutrientes para se manterem saudáveis.

A adubação também ajuda a planta a se proteger contra doenças e insetos. Além disso, ela também ajuda a planta a se adaptar ao clima e ao solo em que está sendo cultivada. Por isso, é importante escolher o fertilizante adequado para a planta que está sendo cultivada.

Existem diferentes tipos de fertilizantes, como os orgânicos e os inorgânicos. Os orgânicos são os mais indicados para as plantas, pois são mais naturais e, portanto, mais seguros. Já os inorgânicos são mais químicos e, portanto, devem ser usados com cuidado.

Árvore da felicidade como cuidar – as podas

As plantas precisam de podas regulares para se manterem saudáveis e bonitas. As podas ajudam a controlar o tamanho da planta, além de ajudar a remover as folhas secas e as que estão doentes. As podas também estimulam a produção de novas folhas e flores.

As podas devem ser feitas com tesouras bem afiadas, para evitar que as plantas sejam danificadas. É importante lembrar que as plantas podem ficar estressadas com as podas, portanto, é importante não exagerar. As podas devem ser feitas a cada dois ou três meses, dependendo da planta.

Galhos da árvore da Felicidade dentro de uma casa
Árvore da felicidade dentro de uma casa. Foto: reprodução

Caracteristícas

Aqui estão algumas características desta planta:

  1. Folhagem densa: A árvore da felicidade possui folhas verde-escuras, brilhantes e coriáceas, dispostas em ramos densos. As folhas geralmente são compostas, com várias folhas menores agrupadas em uma única haste.
  2. Forma compacta: É uma planta arbustiva que tende a crescer de forma compacta e densa. Ela pode ser podada para manter seu formato e tamanho desejados.
  3. Tamanho moderado: Geralmente, a árvore da felicidade atinge uma altura de 1,5 a 2 metros quando cultivada em ambientes internos. Em seu habitat natural, pode crescer um pouco mais alto.
  4. Tolerância à sombra: Esta planta é conhecida por tolerar condições de pouca luz, o que a torna uma excelente opção para ambientes internos com luz indireta.
  5. Cuidado relativamente fácil: A árvore da felicidade é considerada uma planta de baixa manutenção. Ela requer rega regular, mas não gosta de solo encharcado. Além disso, pode se beneficiar de uma poda ocasional para manter sua forma e promover o crescimento saudável.
  6. Origem tropical: A Polyscias fruticosa é nativa de regiões tropicais da África e do Oceano Índico, o que explica sua preferência por ambientes quentes e úmidos.
  7. Propagação: A propagação da árvore da felicidade pode ser feita através de estacas de caule, que podem ser enraizadas em água ou solo úmido.
  8. Purificação do ar: Como muitas plantas de interior, a árvore da felicidade também é conhecida por ajudar a purificar o ar, removendo substâncias nocivas e aumentando a qualidade do ar interior.
  9. Uso decorativo: Além de suas características botânicas, a árvore da felicidade é apreciada por sua aparência decorativa e é frequentemente usada em arranjos paisagísticos internos para adicionar um toque de verde e vitalidade aos ambientes.

Onde cultivá-la?

A árvore da felicidade pode ser cultivada em qualquer lugar. Você pode cultivá-la em seu jardim, em um vaso ou até mesmo em uma janela. A árvore da felicidade é uma planta que se adapta muito bem a qualquer clima.

Como comprar?

Você pode comprar uma Árvore da Felicidade em uma loja de jardinagem ou de forma online, como no Mercado Livre ou Leroy Merlin, confira já!

Clima ideal

A árvore da felicidade prefere climas quentes e úmidos. No entanto, ela também pode prosperar em climas mais frios, pois é uma planta muito resistente e pode suportar temperaturas extremas.

Árvore da felicidade como cuidar em vasos

A árvore da felicidade é uma planta muito fácil de cultivar em vasos. Você pode usar qualquer tipo de vaso, mas é importante que o vaso seja bem drenado. A árvore da felicidade não gosta de solos encharcados. Você também pode usar um substrato especial para plantas em vasos.

Iluminação

A iluminação é importante para quem quer saber mais sobre a árvore da felicidade como cuidar e para isso, você deve cultivá-la em um local onde ela receba pelo menos 6 horas de luz solar por dia. Ela também pode prosperar em ambientes com luz artificial.

Principais pragas e doenças

É uma planta muito resistente e pouco susceptível às pragas e doenças. No entanto, às vezes a planta pode ser atacada por insetos e doenças fúngicas. É importante tratar a planta imediatamente se você perceber qualquer sinal de problema.

Benefícios

A árvore da felicidade é uma planta muito benéfica para o meio ambiente. Ela ajuda a purificar o ar e a água, além de proporcionar sombra e abrigo para outras plantas e animais. A árvore da felicidade também é uma planta medicinal e seus frutos são muito nutritivos.

Árvore da Felicidade como cuidar em um vaso com pedras brancas
Árvore da felicidade em um vaso. Foto: Reprodução

Por que plantar uma árvore da felicidade?

Plantar uma árvore da felicidade é uma ótima maneira de melhorar o meio ambiente. Além disso, plantar uma árvore da felicidade também traz muita prosperidade e boa sorte para as pessoas.

Árvore da felicidade como cuidar -15 dicas fundamentais

Cultivar plantas pode parecer uma tarefa difícil, mas com algumas dicas simples é possível cultivá-las com sucesso. Quer saber mais sobre a árvore da felicidade como cuidar? Então confira já essas 15 dicas:

  1. Escolha o local adequado: o primeiro passo para cultivar uma planta é escolher o local adequado. É importante escolher um lugar ensolarado, mas sem vento. Também é importante verificar o solo para garantir que ele seja fértil.
  2. Adube o solo: antes de plantar, é importante adubar o solo. Isso ajuda a planta a se desenvolver melhor e a se proteger contra doenças. Uma boa dica é usar um fertilizante orgânico.
  3. Regue a planta: regar a planta é muito importante para mantê-la saudável. No entanto, é importante não deixar o solo encharcado, pois isso pode causar problemas nas raízes. Uma boa dica é regar a planta pela manhã, para que ela possa segurar a água durante o dia.
  4. Cuide da iluminação: as plantas precisam de muita luz solar para se manterem saudáveis. Por isso, é importante escolher um local ensolarado para cultivá-las. No entanto, é importante evitar locais muito quentes ou úmidos, pois isso pode causar problemas nas plantas.
  5. Proteja as plantas do frio: no inverno, é importante proteger as plantas do frio. Uma boa dica é cobrir o solo com folhas secas ou musgo, para que ele se mantenha aquecido. Também é importante não deixar as plantas expostas ao vento, pois isso pode causar danos nas folhas.
  6. Pode as plantas: as plantas precisam de podas regulares para se manterem saudáveis e bonitas. As podas ajudam a controlar o tamanho da planta, além de ajudar a remover as folhas secas e as que estão doentes. As podas também estimulam a produção de novas folhas e flores.
  7. Escolha as plantas adequadas: é importante escolher as plantas adequadas para o clima e o solo em que vai cultivá-las. Também é importante verificar se as plantas são adequadas para o tamanho do jardim ou do vaso em que vai cultivá-las.
  8. Plantio em canteiros: os canteiros são ótimos para cultivar diversas plantas juntas. No entanto, é importante separar as plantas para evitar que elas cresçam demais e prejudiquem o desenvolvimento das outras.
  9. Plantio em vasos: os vasos são ideais para cultivar plantas pequenas ou que precisam de cuidados especiais. No entanto, é importante escolher vasos de tamanhos adequados e trocar a água regularmente.
  10. Semeadura: a semeadura é um processo muito simples e é ideal para quem quer cultivar plantas pequenas. Para isso, basta colocar as sementes em um potinho com terra e regar regularmente.
  11. Transplantes: os transplantes são ideais para plantas que precisam de mais espaço para se desenvolver. Para isso, basta escolher um recipiente maior e transplantar a planta com cuidado.
  12. Cuidado com as ervas daninhas: as ervas daninhas podem atrapalhar o desenvolvimento das plantas. Por isso, é importante removê-las assim que aparecerem.
  13. Cuidado com os insetos: os insetos podem causar muitos problemas nas plantas. Por isso, é importante fazer a inspeção regularmente e remover os insetos assim que aparecerem.
  14. Cuidado com as doenças: as doenças podem causar muitos problemas nas plantas. Por isso, é importante fazer a inspeção regularmente e tratar as plantas assim que aparecerem sintomas de doença.
  15. Cuidado com o clima: o clima pode causar muitos problemas nas plantas. Por isso, é importante fazer a inspeção regularmente e proteger as plantas do frio, do calor e da chuva.
Imagem escrito Árvore da Felicidade com a planta a fundo
Árvore da Felicidade. Foto: Reprodução

Árvore da felicidade como cuidar – significados

A planta é bastante utilizada na decoração de ambientes, porém, poucas pessoas sabem o real significado por trás da Árvore da Felicidade.

A Árvore da Felicidade, na verdade, é uma planta que representa a prosperidade, a sorte e a felicidade. A planta também é conhecida como o símbolo da amizade, já que é bastante utilizada para presentear amigos.

Além disso, a planta é bastante usada em cerimônias e rituais religiosos, pois acredita-se que a Árvore da Felicidade traga boas energias para o ambiente.

Por que cultivar uma árvore?

Cultivar uma árvore pode trazer uma série de benefícios, tanto para o meio ambiente quanto para os indivíduos e comunidades. Aqui estão algumas razões pelas quais cultivar árvores é importante:

  1. Benefícios ambientais: As árvores desempenham um papel fundamental na manutenção do equilíbrio ecológico. Elas ajudam a purificar o ar, absorvendo dióxido de carbono e liberando oxigênio durante a fotossíntese. Além disso, as árvores também ajudam a regular o clima, proporcionando sombra e reduzindo a temperatura ambiente por meio da evapotranspiração.
  2. Conservação do solo: As raízes das árvores ajudam a estabilizar o solo, prevenindo a erosão e a perda de nutrientes. Isso é especialmente importante em áreas propensas a deslizamentos de terra e inundações.
  3. Habitat para a vida selvagem: As árvores fornecem abrigo e alimento para uma variedade de espécies de animais, incluindo pássaros, insetos e pequenos mamíferos. Elas desempenham um papel crucial na manutenção da biodiversidade e na preservação dos ecossistemas.
  4. Beleza estética: Árvores contribuem para a beleza natural do ambiente, criando paisagens atraentes e proporcionando um ambiente relaxante e agradável para as pessoas desfrutarem.
  5. Saúde e bem-estar humano: Estudos mostram que a presença de árvores e áreas verdes está associada a uma melhoria na saúde física e mental das pessoas. Árvores em áreas urbanas ajudam a reduzir o estresse, melhorar a qualidade do ar e promover a atividade física ao fornecer espaços para caminhadas e recreação ao ar livre.
  6. Recursos renováveis: Árvores fornecem uma fonte renovável de madeira, que é utilizada na construção, fabricação de móveis, papel e uma variedade de outros produtos. O manejo sustentável das florestas garante que esses recursos naturais sejam utilizados de forma responsável e equilibrada.
  7. Contribuição para o ciclo da água: As árvores desempenham um papel importante na ciclagem da água, absorvendo água do solo e liberando-a para a atmosfera por meio da transpiração. Isso ajuda a regular os padrões de chuva e manter a disponibilidade de água doce.

 E aí, gostou?

Aprendeu mais sobre a Árvore da Felicidade como cuidar e dicas para um cultivo correto? Então vote em nossas estrelinhas e interaja conosco! Sua opinião é fundamental para que possamos sempre melhor nossos conteúdos! Ainda tem dúvidas? Pergunte-nos! Saiba mais em nosso site oficial da KD!

Árvore da felicidade como cuidar?

Perguntas Frequentes

Por que a árvore da felicidade é considerada uma árvore da sorte?

A árvore da felicidade, também conhecida como árvore do dinheiro, é considerada uma árvore da sorte devido à sua aparência e simbologia. Ela é caracterizada por suas folhas verdes grandes e bonitas, flores perfumadas e frutos comestíveis. Além disso, as suas raízes são consideradas como símbolo de riqueza e prosperidade, e a sua forma de crescimento simboliza a fertilidade e o crescimento. Por isso, é comum que as pessoas acreditem que a árvore da felicidade atrai boa sorte e prosperidade para quem a tem em casa.

Árvore da Felicidade como cuidar?

A árvore da felicidade é uma planta relativamente fácil de cuidar, mas é importante garantir que ela receba a luz e a umidade adequadas. Ela prefere ambientes mais úmidos e luminosos, mas não deve ser exposta a luz solar direta. É importante regar regularmente, mas evitar encharcamentos. Em relação ao solo, é importante usar um solo bem drenado e adicionar fertilizante orgânico ou químico de vez em quando. É importante também limpar as folhas e as flores regularmente para remover poeira e evitar a formação de mofo. Em resumo, a árvore da felicidade precisa de luz, umidade e solo adequado, além de cuidados regulares para se manter saudável e feliz.

Quais são os símbolos da árvore da felicidade?

A árvore da felicidade, também conhecida como Crassula Ovata ou jade, é uma planta suculenta comumente cultivada como planta de interior. Ela é considerada uma árvore da sorte devido à crença de que ela atrai boa sorte e prosperidade para a casa. Alguns símbolos associados à árvore da felicidade incluem:
A forma de suas folhas, que são largas e ovaladas, simbolizando boa sorte e prosperidade.
A cor das folhas, que são verdes brilhantes, simbolizando esperança e renovação.
A capacidade da planta de suportar condições adversas, simbolizando resiliência e perseverança.
A sua capacidade de purificar o ar, simbolizando limpeza e renovação.

Por que a árvore da felicidade é tão popular?

A árvore da felicidade é tão popular porque é uma das árvores mais antigas do mundo e tem muitos significados religiosos e culturais. Além disso, a árvore da felicidade é conhecida por atrair boa sorte e prosperidade.

O que é a árvore da felicidade?

A árvore da felicidade é um símbolo da prosperidade, alegria e abundância. É uma planta que representa o crescimento, a força e a vitalidade. A árvore da felicidade pode prosperar em qualquer lugar, mesmo em ambientes adversos. Ela também é conhecida como árvore do bem-estar, árvore da sorte e árvore do amor. A árvore da felicidade é um símbolo positivo que nos lembra que a vida é preciosa e deve ser celebrada.

E difícil de cuidar árvore da felicidade?

As árvores da felicidade precisam de muita luz solar e água para prosperar. No entanto, elas não toleram o calor extremo ou o frio intenso. Por isso, é importante escolher um local para plantar a árvore da felicidade que seja protegido do vento e do sol. As árvores da felicidade também são susceptíveis a doenças e pragas. As principais doenças que podem afetar a árvore da felicidade são a podridão radicular e a ferrugem. As pragas que podem infestar a planta são as formigas, as lagartas e os pulgões. Para evitar que sua árvore da felicidade fique doente ou infestada por pragas, é importante mantê-la bem cuidada. Isso inclui regar a planta regularmente, adubá-la adequadamente e cortar as folhas mortas ou danificadas. Se você seguir essas dicas, sua árvore da felicidade prosperará e dará muita alegria para você e para seus vizinhos.

1 comentário em “Árvore da felicidade como cuidar: 15 dicas de cultivo, aprenda o jeito certo!”

  1. Odila Rodrigues Guimarães

    Gostei da informação sobre a árvore da felicidade, ganhei um ramo e quero plantar. Desejo saber o tamanho ideal, tipo de vaso (cerâmica ou plástico). Obrigada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Afiliado