Pular para o conteúdo

Promovendo brincadeiras para reduzir a dependência de telas na infância

Conheça estratégias e alternativas para entreter as crianças e fazer com que elas fiquem mais tempo longe das telas

As telas hoje fazem parte do dia a dia de toda a sociedade. Aparelhos como televisão, celulares e computadores são itens presentes na maioria das famílias, sendo que essas ferramentas funcionam como meio de entretenimento, educação e comunicação.

Mas se as gerações mais antigas lembram de como era o mundo antes da popularização das telas, a geração mais nova nasceu totalmente conectada a elas. E quando a criança abdica por completo de se divertir com uma bola de futebol, um jogo de tabuleiro ou em outra atividade ao ar livre, isso pode ser um problema. Questão que, inclusive, preocupa muitos pais atualmente.

Neste texto, conheça os principais riscos associados ao uso excessivo de telas na infância e como promover atividades diferentes para as crianças longe delas.

reduzir a dependência de telas
Foto: Freepik

Efeitos negativos das telas

O uso excessivo de telas durante os primeiros anos de vida pode impactar negativamente tanto a saúde física quanto mental das crianças, com efeitos que podem ser profundos e variados. Por exemplo, a exposição à luz azul das telas pode alterar os padrões de sono, fazendo com que a criança tenha dificuldades para adormecer e para recuperar as energias.

O exagero das telas também pode desencadear problemas de fadiga visual e postural. A primeira é resultado do tempo prolongado olhando para as telas, enquanto a segunda acontece pela má postura adotada durante o uso de dispositivos eletrônicos, o que pode causar dores ósseas e musculares.

O uso prolongado das telas também leva a um estilo de vida sedentário, o que aumenta o risco da criança desenvolver obesidade infantil. Pelo lado mental, estudos mostram que o uso excessivo de dispositivos eletrônicos está correlacionado a problemas de saúde mental como depressão e ansiedade. Além disso, a criança pode acabar substituindo o tempo para fazer interações sociais com outras crianças e pessoas para ficar mais tempo em frente às telas, prejudicando o seu desenvolvimento social.

Até mesmo a aprendizagem pode ser afetada, já que o uso descontrolado desses aparelhos interfere na atenção e no desempenho acadêmico dos pequenos. Por fim, há o risco da criança ficar viciada em estar sempre conectada a esses aparelhos, dificultando ainda mais que ela faça atividades que não envolvam as telas.

O que fazer para reduzir a dependência delas com as telas?

Diante dessas questões, é preciso que pais e responsáveis pensem em estratégias capazes de controlar o uso das telas pelas crianças, fazendo com que ele seja moderado e saudável. Mas o que pode ser feito? Veja algumas estratégias abaixo.

Promova atividades ao ar livre

É fundamental promover e incentivar a prática de atividades ao ar livre. Sempre que possível, leve a criança para se divertir fora de casa. Por exemplo, aproveite um dia ensolarado para fazer um piquenique em família em um parque, onde você ainda pode incentivá-la a brincar em brinquedos ou mesmo a participar de brincadeiras como pega-pega ou arremesso de frisbee.

É uma boa ideia também promover alguma atividade cultural, como levá-la a algum museu de sua cidade. Ainda, existem mostras de cinema e teatro gratuitas que também são capazes de entreter bastante a criançada.

Passe o tempo de lazer juntos

O fim de semana e os feriados devem ser, sim, um momento para descansar da rotina de trabalho. Porém, é interessante aproveitar esse período de relaxamento e descanso para fazerem algo juntos, mesmo que seja em casa. Brincar com jogos de tabuleiro e promover uma aula de artesanato, desenho ou pintura são algumas excelentes alternativas para aproveitar esse momento.

Envolva-se nas atividades das crianças

Por fim, outra maneira de estimular as crianças a ficarem mais tempo longe das telas é participar efetivamente de suas atividades. Dar essa atenção especial para ela, ajudando ou participando de brincadeiras ou outras atividades, faz com que ela se sinta mais motivada e engajada. Dessa forma, ela não sentirá tanta necessidade de voltar para as telas.

E aí, gostou do artigo?

Acesse página principal do a Portal KD para conferir nossos conteúdos, lembre-se de avaliar o post com as estrelinhas e deixar o seu feedback!

Perguntas Frequentes

Por que é importante reduzir o tempo de tela das crianças?

Reduzir o tempo de tela das crianças é importante porque o uso excessivo de dispositivos eletrônicos pode impactar negativamente sua saúde física e mental, interferindo no sono, na postura, aumentando o risco de obesidade infantil e afetando seu desenvolvimento social e acadêmico.

Quais são os efeitos negativos do uso excessivo de telas?

O uso excessivo de telas pode causar problemas como dificuldades para dormir, fadiga visual e postural, estilo de vida sedentário, risco de obesidade infantil, problemas de saúde mental como depressão e ansiedade, além de interferir na aprendizagem e no desenvolvimento social das crianças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Afiliado